Golden retriever filhote

Cachorro Golden retriever filhote

Filhotes são maravilhosos independentemente da raça, brincalhões, fofos, lindos, são tudo de bom.

A raça Golden Retriever se supera em todos esses quesitos, seus filhotes parecem ursinhos de pelúcia, ursinhos arteiros diga-se de passagem.

Conhecendo a raça

O Golden Retriever teve sua origem na Escócia, por volta de 1850, em uma época em que a moda era a caça, principalmente de patos na Escócia, havia a necessidade de um cão que fosse capaz de rastrear e buscar a caça sem destroça-la.

É uma raça muito popular no mundo todo, pela sua beleza, inteligência, versatilidade, docilidade e por ser muito sociável.

É uma ótima companhia para crianças e adultos, e em muitos casos, suporte para pessoas com deficiências[1] , físicas, auditivas ou visuais.

O Golden Retriever vive tranquilamente dentro de apartamentos ou casas, desde que tenha sua rotina de exercícios diários, pois é uma raça muito ativa.

O contrario não é …. nem pense em ter um, se ele não puder entrar dentro de sua casa, apesar de ser um cachorro grande, ele adora a companhia dos donos, de brincar e estar sempre presentes.

Por terem pelos razoavelmente compridos, há a necessidade de escovação constante, principalmente em época de troca de pelo, e banhos no máximo a cada dois meses.

Por ter alguma propensão a obesidade, deve ter sua ração dosada e alimentação bem equilibrada, e agua abundante, essa raça bebe muita água.

Por ser uma raça muito inteligente é de fácil adestramento e também obedientes.

Essa raça tem a média de sobrevivência de 13 anos, é de porte médio a grande, pelagem média que pode ser lisa ou ondulada e resistente a água, e nas tonalidades creme e ouro.

É um cachorro dócil e meigo desde filhote, e para que assim cresça precisa de muito carinho e atenção, brincadeiras e cuidados constantes.

Ainda que exista outros cães, ou gatos, ou quaisquer animais na casa, o Golden Retriever não se importará, pois ele é muito sociável, e adora fazer amizade.

Filhotes

Imagem relacionada

Antes de tudo é preciso compreender que ao adotar, ou comprar um filhote de Golden Retriever, ou de qualquer outra raça, sua rotina será mudada, estão certifique-se de estar preparado para isso, física, emocional e financeiramente.

O Golden Retriever filhote parece uma ovelhinha, seus pelinhos enroladinhos e sua carinha fofinha encanta qualquer um, sem contar que é muito fofinho e simpático.

Esse filhote é simplesmente apaixonante.

Ele é também arteiro, brincalhão e curioso, adora ter brinquedinhos e não para de brincar o dia todo, portanto se não quiser perder seu chinelinho, compre desde cedo brinquedinhos para ele.

Desde filhotes já demostram suas capacidades para adestramento, ao brincar de buscar bola, atividade que amam fazer, ou sua rapidez no aprendizado de higiene. Não há a preocupação de ficar muito tempo ensinando onde é o lugar de xixi e cocô, ele aprende logo, e geralmente não dá muito trabalho quanto a isso.

Desnecessário dizer que para que tenham um bom aprendizado, em qualquer aspecto este deve ser aplicado desde filhote.

O filhote de Golden Retriever custa em torno de 2.000 a 4.000 reais, dependendo muito da sua origem, e do canil.

Como cuidar de um filhote

A primeira coisa a se ter atenção é as vacinas, essas devem ser tomadas logo pequenos, para que ele se desenvolva com saúde.

A primeira dose de vermífugo deve ser ministrada entre 15 a 20 dias de vida de animal, e a segunda dos 40 a 45 dias de vida.

Aos 45 dias ele deve receber a primeira vacina antirrábica. As outras vacinas devem ser dadas pelo veterinário de confiança da família, este poderá, e deverá fazer uma avaliação do cãozinho assim que for adotado, prescrevendo as doses de vacinação, remédios e verificando o desenvolvimento clinico dele, especificando doses e datas a serem ministradas.

Assim como qualquer outra raça, o Golden Retriever deve ir ao veterinário para consultas rotineiras duas vezes ao ano. E obvio quanto tiver qualquer problema de saúde.

Também é recomendado que o filhote só saia na rua ou entre em contato com outros animais após ter tomado todas as vacinas.

O mais aconselhável é que não se adote um filhote antes dos 45 dias de vida, nessa fase ele ainda mama, e tem necessidade do convívio com a mãe e os irmãos, para que possa ter um desenvolvimento pleno.

A alimentação tem que ter um cuidado especial, até os 50 a 60 dias eles devem comer a ração úmida, para que não engasgue, pois apesar de já terem dentinhos e serem capazes de mastigar, ainda estão se adaptando a sólidos.

Existem no mercado várias marcas de ração especificas para filhotes, e eles devem ser alimentados somente com elas, atentando-se a qualidade do produto oferecido.

Não esqueça também de que desde cedo deve se ter um controle na quantidade de alimentos consumidos por eles, ja que esses tem propensão a obesidade.

A água deve ser oferecida muito abundante desde filhotes também, o ideal é que o potinho de agua fique sempre cheio a disposição dele.

Uma coisa muito importante a ser lembrada é que o filhote não deve tomar banho antes dos dois meses de idade

Eles aprendem com muita facilidade o local de xixi e cocô, basta ter um pouco de paciência e ensiná-los através do sistema de recompensas onde é o lugar certo para a higiene.

Desde pequeno é necessário que se faça a escovação ao menos duas vezes por semana, e que sua orelhas sejam limpas a cada quinze dias.

No mais, é curtir seu filhote, brincar muito, dar e receber muito amor e muito carinho.


Era só pra tirar a vírgula kkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *