Cachorro e Gato – Dicas de boa convivência.

Cachorro

Cachorro e Gato é comum serem vistos como inimigos nos desenhos e filmes, porém eles podem sim conviver em harmonia. Confira algumas dicas para que isso aconteça.

A maneira mais fácil de aproximar cães e gatos é quando ambos ainda são filhotes. Porém, em muitos casos isso não é possível. Então, separamos algumas dicas para te ajudar a acostumar cachorro com gato e vice-versa. 

Cachorro e gato podem conviver em harmonia e ainda se tornarem grandes amigos, para aproximar o cachorro com o gato de maneira mais fácil é fazer isso na fase onde ambos ainda são filhotes. Porém nem sempre isso é possível. Pensando nisso, trazemos algumas dicas para ajudar a acostumar o gato com o cachorro e vice-versa, então vamos lá!!!

1-Reconhecimento

É fundamental que cada animal tenha seu espaço dentro da casa. Para o que já estava na casa é importante que ele tenha seu ambiente respeitado e o novo animalzinho tenha um espaço exclusivo que comporte todas as necessidades dele. Importante deixa-los separados por alguns dias. Para que dessa forma aos pouquinhos começarão a notar a presença um do outro. Troca de cobertores também é uma forma muito eficaz para conecta-los, separe um cobertor para cada um dormir, deixe com ele por dois ou três dias e depois inverta os cobertores. Dessa maneira fara que se acostumem com o cheiro um do outro.

2-Apresentação

Feito a primeira dica, é possível que pequenos encontros visuais seja feito. É importante que a apresentação deixe ambos confortáveis. É aconselhável que o cão esteja com guia e coleira e o gato no ambiente que você imagina que ele se sinta seguro, pode ser até mesmo em sua caixinha de transporte. Petiscos e carinhos são ótimos para essa aproximação. Aproxime o cachorro do gato a uma distancia que não vá incomodar o gato. Quando ver que estão calmos, faça o encontro, deixe que e vejam e se reconheçam, provável que o cão ainda lata e o gato se mostre assustado, com isso você encerre o encontro e vá aumentando gradativamente o tempo deles juntos nos encontros seguintes

Realiza encontros supervisionados com o cachorro ainda de coleira e o gato em seu espaço de segurança. O gato necessita de espaços onde ele possa ir sem ser alcançado. Esses encontros precisam ser realizados pouco a pouco até que a adaptação seja concluída a ponto de não se incomodarem com a presença um do outro.

3-Associação

Associe o momento da apresentação a coisas positivas como por exemplo dando petiscos e carinho para eles. Assim irão associar o momento a comidas gostosas e carinho, e aumentara a chance de ficarem tranquilos por um tempo maior. Promova brincadeiras entre eles sempre que possível. O comportamento tende a ficar mais pacifico com o tempo por conta do costume que irá aumentar entre eles.

4-Espaço Próprio

É importante que independente de qualquer situação de afinidade que eles estejam, tanto o cachorro como o gato tenham seu espaço próprio para higiene e alimentação. Os animais tem de estar com as vacinas em dia, assim como a aplicação dos vermífugos, diminuindo qualquer chance de contato.

É importante que cada lugar proporcione opções para o animal se divertir distante do outro quando tiver vontade e conforto, sem precisar invadir o espaço alheio e poder causar algum tipo de briga e desentendimento entre eles.

5-Atenção

Ciúmes e insegurança podem ocorrer nos animais, quando percebe que alguém novo está na área e recebe mais atenção que ele. Portanto tente equilibrar as coisas e dar a mesma atenção e para ambos, e dividir o tempo que passa com cada um deles de maneira parecida. Caso perceba que um deles está se sentindo triste, para baixo e até mesmo distante, busque fazer brincadeiras que o divirta e até mesmo de alguns mimos para ele, como por exemplo, petiscos ou brinquedos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *