Antipulgas para cachorro: Tratando e prevenindo

Antipulgas para cachorro

Nada mais triste do que ver o nosso amado animalzinho de estimação sofrendo, não é mesmo? E um dos principais problemas que afetam os nossos animais, são as pulgas. Devido a isso trago um artigo mostrando a importância dos antipulgas para cachorro. Pulga, parasitas que afetam de forma negativa a vida de nossos amiguinhos e a felicidade deles. Além disso podem causar uma infinidade de doenças, isso sem contar o mal-estar que causa, com toda a coceira que gera.

Sendo assim, trago dicas de com usar o antipulgas para cachorro, pois é fundamental cuidar da saúde do seu animal. Os cães, que são os nossos melhores amigos, precisam de atenção especial. Principalmente quando eles frequentam ambientes em que podem estar expostos à infestação das pulgas e, também, dos carrapatos.

Para evitar esse sofrimento, é importante que você esteja sempre fazendo a manutenção do tratamento antipulgas para cachorro do seu amigo. Afinal, quando elas se instalam, podem deixá-los apáticos pela perda de sangue, além de causar um prurido que os incomoda imensamente.

Acompanhe a leitura!

O que são pulgas?

No entanto antes de iniciarmos a explicação sobre o antipulgas para cachorro, é importante que você entenda o principal causador desse mal. As pulgas são parasitas que, apesar de pequenos, são visíveis a olho nu. Sendo assim, é possível ver quando o seu cãozinho está sofrendo pela infestação das mesmas. Pode ser que ao procurar entre os pelos não veja a pulga em si, porém geralmente se encontram vários pontinhos pretos que são as fezes das pulgas. Portanto isso por si já comprova que existem pulgas passeando e incomodando seu pet.

Coceira

Elas são chamadas de hematófagos, pois se alimentam do sangue do seu hospedeiro. Por isso, as pulgas procuram ambientes onde possam crescer e se multiplicar, tendo uma fonte de alimentação constante. No caso, os cachorros. A cada vez que elas picam, ou mordem o animal onde estão hospedadas, geram sensação de coceira. É por isso que, quando o cachorro tem pulgas, ele se coça constantemente.

Sistema imunológico

As pulgas, por enfraquecer o sistema imunológico do cão, através da alimentação de seu sangue, são causadoras de uma infinidade de doenças. Alguns cães têm alergia à saliva da pulga, o que pode provocar lesões e um imenso prurido com apenas 1 picada. Além disso, o animal ainda pode contrair vermes ingerindo acidentalmente as pulgas ao se lamber ou coçar. Sendo assim, além da coceira, elas podem comprometer a saúde de seu animal. Além disso, vale reforçar que elas podem se “mudar” para outro hospedeiro próximo. No caso, os humanos, devido a esses fatos o antipulgas para cachorro é de grande importância.

O que são os medicamentos antipulgas para cachorros e como eles atuam?

antipulgas para cachorro

Dessa forma, podemos entender que os medicamentos antipulgas para cachorro atuam na eliminação desses parasitas. Eles podem ser administrados com uso oral ou uso tópico. Os antipulgas para cachorro possuem um princípio ativo que é venenoso para as pulgas, causando a sua morte quando entram em contato com o sangue do cachorro. Mas, não se preocupe. Ele é totalmente inofensivo para o seu cãozinho.

Oral

O antipulgas para cachorro administrado via oral, é um comprimido que deve ser dado ao cachorro. Quando absorvido posteriormente, o princípio ativo passa a circular junto com o sangue. Ao morder o animal, para se alimentar, automaticamente a pulga será exposta ao veneno e, consequentemente, morrerá. Quando o tratamento é administrado por via oral, a eliminação das pulgas se dá dessa forma: ela morde o cachorro, se alimenta do sangue e morre.

Tópico

No entanto quando o tratamento com antipulgas para cachorro é feito de modo tópico, o princípio ativo é espalhado pela pele e pelos do cachorro. Assim, a contaminação das pulgas pelo veneno se dá pelo simples contato, sem que ela precise morder o animal para se infectar. As formas mais comuns de tratamento tópico antipulgas para cachorro, são as paletas, talcos, sabonetes, shampoos e a coleira especialmente projetada para impedir a infestação de pulgas e carrapatos.

Antipulgas para cachorro

Quando eu devo usar antipulgas para cachorro?

Como dissemos anteriormente, as pulgas são visíveis a olho nu. Sendo assim, quando notar que o seu cachorro está apresentando uma coceira mais intensa que o comum, procure entre seus pelos se há infestação de pulgas ou a presença de pontinhos pretos. Portanto caso encontre, é necessário iniciar o tratamento antipulgas para cachorro o mais rápido possível.

Entre em contato com o veterinário de sua confiança e leve o cachorro para uma avaliação clínica. Por vezes, é necessário que além do tratamento com o medicamento, alguns remédios combinados, assim como tratamento com vermífugos sejam administrados. Principalmente quando as pulgas causam lesões na pele que, se não tratadas, certamente podem evoluir para ferimentos mais graves.

Veterinário

Como resultado o veterinário irá indicar e esclarecer qual é o melhor tratamento a ser seguido. É muito comum que ele inicie com a administração oral de medicamentos antipulgas para cachorro e, após a limpeza da infestação, ele incentive a manutenção com preventivos tópicos. São aqueles que indicamos acima, sendo o mais recomendado por exemplo, a coleira especial.

Além disso, é necessário orientar que, mesmo que o seu cachorro tenha se livrado das incômodas e perigosas pulgas, é muito importante desinfectar o ambiente onde ele reside. Até porque em uma infestação cerca de 98% das pulgas estão no ambiente e 2 % estão se alimentado no animal. Ou seja, as pulgas ficam mais tempo no ambiente do que no animal. Infelizmente, é comum que elas se alojem em almofadas, tapetes e cortinas, frestas e pisos de madeira a fim de se reproduzir e encontrar outros hospedeiros. Sendo assim, lave toda a sua casa com produtos antipulgas, que também podem ser indicados pelo veterinário e encontrados em clínicas e petshops.

Qual é o melhor tratamento antipulgas para cachorro?

Como salientamos, certamente a melhor definição do tratamento será feita pelo veterinário. Apenas ele saberá indicar qual o melhor caminho para ser seguido, considerando o estado do cachorro, seu porte e, principalmente, a manutenção de sua saúde.

No entanto, é comum que o tratamento seja feito de modo combinado. Inicialmente, ele pode incentivar o uso de medicamentos diretos, a fim de matar as pulgas que estão se hospedando em seu cãozinho. Posteriormente, a manutenção recorrente, mantendo-o limpo, é o mais indicado. Porém, essa manutenção deve ser feita com produtos próprios para o afastamento das pulgas e a proteção do animal.

E

Prejudicial ao cachorro

Vale reforçar que, mesmo que esses medicamentos tenham um caráter venenoso para as pulgas, eles são completamente inofensivos para o cachorro se utilizados de forma correta seguindo as orientações do fabricante. Sendo assim, mantenha em dia o tratamento e prevenção a ectoparasitas de seu animal, permitindo assim que ele possa passear e viver tranquilamente de forma saudável. Mais importante, não deixe de fazer a proteção do seu animal, por medo de o remédio ser prejudicial. Ao contrário. Se você não procurar tratamento, ele sofrerá ainda mais.

Administrado por Administrador



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *